sábado, 31 de dezembro de 2011

SÓ SE ESCONDE QUEM É COBARDE

DA-ME A TUA DIRECÇÃO, QUEO FALAR-TE AO CORAÇÃO
Vou dizer-te quem sou,
e qual a rua onde vivo.
que é para tu saberes,
se quiseres vir ter comigo.

Moro na rua dalem,
mesmo no neio da praça.
à direita de quem vem,
e à esquerda de quem passa.

Sou aquele que tu bem sabes,
tira-me deste embaraço.
Tenho os olhos na cabeça,
e as mãos na ponta do braço.

Ainda te não disse tudo,
eu ando aqui na tropa.
Liga-me pro meu quartel,
pró numero de traz da porta.

domingo, 20 de novembro de 2011

SEGUINDO O MEU CAMINHO

SOBRE MÁRIO QUINTANA. Do próprio em jeito de bilhete. Se tu me amas, ama-me baixinho. Não grites de cima dos telhados. Deixa em paz os passarinhos. Deixa-me em paz a mim! Se me queres, enfim, Tem de ser devagarinho, Amada, que a vida é breve e o amor mais breve ainda. Mário Quointana. A Perguiça. É uma mãe do progresso. Se o homem não tivese perguiça de caminhar, Não teria inventado a roda. De máruio Quintana. DOS MILAGRES. O milagre não é dar vida ao corpo extinto, ou luz ao cego, ou eloquencia ao mudo, ném mudar a água em vinho tinto. Milagre é acreditarem em tudo! Mário Quintana Em Sua Biografia

segunda-feira, 14 de novembro de 2011

A UM ICONE DA CULTURA

Antologia Poética, Mario Quintana. Meu Quintana, os teus cantares Não são, Quintana, cantares: São, Quintana, quintanares. Quinta-essência de cantares... Insólitos, singulares... Cantares? Não! Quintanares! Quer livres, quer regulares, Abrem sempre os teus cantares Como flor de quintanares. São cantigas sem esgares. Onde as lágrimas são mares De amor, os teus quintanares. São feitos esses cantares De um tudo-nada: ao falares, Luzem estrelas luares. São para dizer em bares Como em mansões seculares Quintana, os teus quintanares. Sim, em bares, onde os pares Se beijam sem que repares Que são casais exemplares. E quer no pudor dos lares. Quer no horror dos lupanares. Cheiram sempre os teus cantares Ao ar dos melhores ares, Pois são simples, invulgares. Quintana, os teus quintanares. Por isso peço não pares, Quintana, nos teus cantares... Perdão! digo quintanares. Poeminho do Contra Todos esses que aí estão Atravancando meu caminho, Eles passarão... Eu passarinho! (Prosa e Verso, 1978) DA ANTOLOGIA DE Mario Quintana

domingo, 30 de outubro de 2011

PONTOS DE VISTA


O AMOR À ARTE
É ferquente ouvir-mos dizer: Eu não aguentava. Eu não era capaz. Eu não tenho estrutura fisica para essas coisas. Isso é muita fruta para mim. Ou ainda: Isso é bom para quem tem folego de gato. Ou melhor. Isso é bom para quem, tal como os gatos, tem 7 vidas. O vídeo em presensa, mostra bem que se por um lado, há alguma razão para as pessoas falarem assim, por outro lado mostra que quando nos são dadas oportunidades, e nós as aproveitamos também se faz jus ao ditado, e a sabeduria popular, que querer é poder. Ou há males que vém por bem. ou do male, o menos mau. ( N. do Autor: Ninguem sabe como reagiria, em circunstãncias nunca vividas.

domingo, 16 de outubro de 2011

A DESILUSÃO


NÃO SÃO SÓ AS PONTES QUE CAEM.
Estou de rastos: Depois de ouvir o nosso primeiro ministro contar tantas coisas que pareciam mesmo verdade, veio agora contar uma coisa, que parece mesmo mentira. Só que infelizmente é verdade, e como ser verdade, não fosse suficiente, Foi a única verdade que ele disse em politica, em toda a sua vida pública: Veio dizer hoje, para servir de arma intimidatória, depois dos resultados da manifestação que ocorreu esta tarde, que se não aceitarem as propostas dele, que vai deixar de haver, salários pagos, já que os mesmos estão a ser pagos com o dinheirito que vem Da C. E. E. Valha-nos ao menos isso. Sempre a divida vai engroçando mais um pouco, enquanto a C. E. E. for mandando alguma coisa para cá. MENTIRA??????????!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! Quem já não se lembra do que levou o Mister Socrates. A pedir o apoio? Por acaso não foi o facto de já não haver tintol, para pagar os salários que se avizinhavam? ÁH já não se lembram!!! Então esperem pelo dia em que a torneira da C. E. E. se fechar. Um dia destes, não vai faltar quem diga que a C. E. E. O € e tudo o mais que esteve na base das pataconas todas que vieram da C. E. E. Que não passou de uma miragem.

segunda-feira, 3 de outubro de 2011

EMBARALHAR, E TORNAR A DAR

SABADO 23 DE ABRIL de 2011
QUE FUTURO????? AGORA COMO SEMPRE. POR TODOS OS CECULOS. TEMOS UM GOVERNO NOVO, CHEIO DE BOAS INTENÇÕES, E MUITO MAIS PROMEÇAS QUE AÇÕES. É O COSTUME: EU NÃO SOU POLITICO, E NEM QUERO SER, MAS COM A MINHA FRACA CAPACIDADE ANALÍTICA, JÁ VÍ QUE ISTO, NÃO TEM CURA. O FUTURO DA EUROPA É A DESAGREGAÇÃO TOTAL COM O DESAPARECIMENTO DO EURO. O EURO TERIA SIDO MUITO BOM, SE FOSSE CRIADO COM UM OBJECTIVO CÉRIO E COMUM. O QUE PORTUGAL PRECISA É DE UM RELANÇAMENTO CÉRIO E SEGURO DA ECONOMIA, AO NIVEL INDUSTRIAL E COMERCIAL. E NÃO DE IMPOSTOS SOBRE IMPOSTOS, QUE SÓ DESENCENTIVAM A APOSTA NO DESEMVOLVIMENTO. E ENTÃO O QUE NOS ESPERA, É SERMOS POSTOS FORA DO EURO, COM MUITO BONS MODOS, MAS COM A INTENÇÃO DE AINDA CONTINUAREM A EXPLORAR O ZÉ EUROPEU, POR MAIS UNS MEZITOS, OU QUEM SABE UNS ANITOS. SIM PORQUE O QUE DENTRO EM BREVE VAI ACONTECER A PORTUGAL, SERÁ O QUE VAI ACONTECER À ESPANHA, À NOROEGA, À ITÁLIA. E ASSIM POR AÍ FORA, E DEPOIS OS DONOS DA EUROPA, ENTENDA-SE ALEMANHA, FRANÇA, E MÁIS UM OU DOIS, NÃO PRECISAM DE SE INCOMODAREM MAIS PORQUE OS GALEGOS, QUE SE DEIXARAM ENRROLAR, VÃO PAGAR Q. B. PARA ELES VIVEREM Á GRANDE E À FRANCESA.SÓ COM OS JUROS, SIM PORQUE A DIVIDA ESSA NUNCA MAIS VAI SER PAGA. ENQUANTO ISTO, AQUI SERÁ UMA NOVA IRITREIA. EU SEI QUE OS QUE ANDAM BEBEDOS COM OS PARTIDOS POLITICOS, E COM OS SINDICATOS, MOVIDOS PELOS PARTIDOS, QUE NÃO ME VÃO LEVAR A CÉRIO. MAS A MINHA EXPERANÇA, É QUE QUEM ME LER, CONSIGA UM DIA LEMBRAR-SE DO MEU ENDEREÇO, PARA PODEREM RECORDAR O QUE AQUI FICA DITO. É UTUPIA? ERA BOM QUE FOSSE, PARA BEM DOS QUE AGORA SÃO PEQUENOS. Publicada por tristeeso.blogspot.com em 12:04 0 comentários Enviar a mensagem por e-mailDê a sua opinião!Partilhar no TwitterPartilhar no Facebook

quarta-feira, 13 de abril de 2011

OS AMANTES








HISTÓRIAS DE UM CAMINHANTE

Esta noite sonhei contigo,

Um sonho bem interessante.

Sonhei que era o teu marido,

E que tu eras a minha amante.

Era um jardim, encantador, um autêntico éden.

Um hipotético casalinho de noivos, digladiavam-se com beijinhos e abraços.

E de repente a menina, que parecia o símbolo candura, debruça-se sobre o namorado e zás.

Decidi: Quero ser a tua esposa, a mãe dos teus filhos, a tua amiga do coração e a tua amante! Concordas? Claro que sim: podes nem ser a minha esposa, podes nem ser a minha amiga do coração, mas sê a minha amante, para sempre.

quarta-feira, 23 de março de 2011

O QUE SERÁ QUE NOS ESTÁ RESERVADO AGORA?

videoA Esta hora já eles estão todos a confraternisar, e a combinar quem fica com quê E o que cada um recebe como contrapartida, para viabilisar a formação de governo, independentemente de Qual seja o resultado das eleições. E quem é que vai ficar a perder, quem é? sempre o mesmo claro. Tudo porquê? Porque O pvo latino, é de brandos costumes.Depois lamentam-se que está tudo cada vez pior. Podera, Eles querem é bola, elas querem é telenovelas, e o resto pouco importa. Maldita sejas tu Globalisação, e mais quem te apadrinhou.

quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

OS SINAIS DOS TEMPOS

Nunca fui de andar a participar em concursos, na T. V. ou noutros. Também não perco o meu tempo com programas cor-de-rosa ao nível da T. V. ou outros.  Mas gosto de acompanhar um bom programa informativo e de análises da situação mundial. Gosto de acompanhar o que se passa ao nível Europeu, e mundial. Pese embora o  que vejo e oiço, me  deixe  muito triste. Verifico, na minha fraca capacidade de análise, que o Problema que se vive, ao nível mundial, Não é uma crise económica, como ainda se tenta fazer crer, é isso sim uma crise de valores, de respeito e de capacidade organizativa. Passa-se por cima de tudo e de todos, para garantir uma participação por ínfima que seja, na plataforma espacial, onde alguns sonham poderem-se abrigar, um dia quando este nosso espaço terrestre, deixe de ter condições de sobrevivência, nem que para isso seja preciso passar de olhos fechados, junto dos que hora a hora dão o seu último suspiro, por falta de assistência médico medicamentoso. A humanidade está de todo adormecida, mas para que pareça que assim não é, mais ou menos uma x por ano, lá aparecem as primeiras damas, com grande pompa e circunstância, só para que delas se fale nos jornais e no audiovisual, como forma de dar nas vistas. A verdadeira solidariedade, que seria aquela que conduziria a que os ricos fossem menos ricos, para que os pobres fossem menos pobres, essa parece que ninguém a sabe por em prática. O governo devia estar para o pais, como o chefe de família esta para o seu agregado familiar. E a constituição aponta de algum, modo para isso, e quais são as consequências, para os governantes que não cumprem? Não são nenhumas. Está tudo subvertido, ou adulterado. Um trabalhador anónimo que por falta de dinheiro, ou até por esquecimento, não pagou alguns míseros euros ao fisco, quando menos espera, verifica que o seu carro desapareceu do local de estacionamento, vai saber o que aconteceu, e recebe a notícia que foi arrestado para o penhore, porque deve 100 ou 200 euros ao fisco. Um qualquer senhor da ária da governação comete uma fraude, de milhões de euros, é no máximo destituído do posto, ou transferido para uma empresa pública. Onde está a moralidade na forma como tem sido conduzido o caso do abuso sexual, na casa pia, Para não falar de tantos outros? Coitado do Zé Maria.